balao
Descubra como é voar de balão em Boituva
5 julho, 2017
comida avião
Comida de Avião – alimentos que você consome nas nuvens
6 julho, 2017

La Belle de Jour – O Impressionante museu do vinho

Às margens do rio Garonne, em Bordeaux, desagua a La Cité du Vin, cuja arquitetura é uma metáfora de um decanter em mãos de sommelier enquanto analisa aroma, buquê, fragrância, intensidade e aguça as papilas gustativas no processo poético da degustação e da análise da bebida de Baco.

Atentos, adentramos La Cité du Vin, enquanto somos seduzidos em viagem multissensorial, como Odisseu, no desbravamento da história do vinho desde seu primeiro registro na humanidade em uma mistura de museu e de parque temático a que a Forbes cognominou de “Encontro de Dionísio com a Disneylândia”.

La Belle de Jour demarcou para o mundo o endereço e o destino imperdível para quem é amante da bebida da vide e anseia conhecer as minúcias por detrás da fonte das alegrias nas festividades, na metonímia da esperança para cristãos e para judeus.

Renda-se às uvas e divirta-se no edifício, assinado por Anouk Legendre e Nicolas Desmazières, em cerca de 13.000m2 e 55 metros de altura com 20 áreas temáticas nas quais se reúnem história, vinicultura e comercialização da bebida ao redor do mundo, por meio de ferramentas inovadoras e tecnológicas, salas com recursos interativos, imagens 3D, difusão de aromas e animações, como a viagem a bordo de um navio na qual se mostra a aventura dos mercadores de vinho. Um audioguia permite ao visitante registrar os melhores momentos do passeio em 8 idiomas distintos.

As exibições propiciam uma fonte para descobrir as imagens e a influência entre as civilizações e as diversas regiões do mundo em uma peregrinação diacrônica em que se é enternecido pela história, geografia, geologia, enologia e artes do vinho. Imergidos em um percurso de mais de 3.000 m2 no tempo e no espaço ao encontro do vinho em sua mais profunda diversidade, com exposições temporárias, oficinas de degustação, eventos e espetáculos no auditório, uma sala de leitura, boutique (Le 7 Panoramic Restaurant, Latitude20 e La Cité du Vin boutique), uma plataforma enoturística, jardins e um pontão… Um novo espaço dinâmico e cultural, imperdível durante uma visita a Bordeaux.

É possível, ainda, deliciar-se em três restaurantes, em degustações orientadas por especialistas e vislumbrar-se na adega de 14 mil garrafas com vinhos da região ou provenientes de outros lugares como Taiti e Síria. O auditório Thomas Jefferson e as áreas de conferência prometem ser palco de shows e de concertos, de sessões de cinema e de seminários. Ademais, salas de leitura, workshops sobre degustação e diversos outros temas dedicados ao vinho.

Os ingressos pagos dão direito a visitar o percurso contínuo e desfrutar de uma taça de vinho no mirante situado no 8º andar, 35 metros acima do rio. Aos que preferirem a gratuidade, a entrada é franca para uma visita ao térreo do edifício, no qual são agendadas visitas pelos chateaux da região ou para aqueles os quais desejarem degustar uma refeição no restaurante panorâmico no 7º andar.

Jamais se esqueçam do conselho dos Romanos “In vino veritas” (No vinho está a verdade). Sirva e delicie-se!