Bagagem. O que você pode e não pode levar em suas viagens
23 julho, 2017
Seu filho vai viajar sozinho e é menor de idade
12 novembro, 2017

Cruzeiros. As verdadeiras cidades flutuantes

Um misto de resort, parque de diversão e shopping, cruzeiros são verdadeiras cidades flutuantes que oferecem uma gama de atividades e atrações tão vasta quanto as profundezas do oceano. De shows a prática de esportes, gincanas, SPA e experiências gastronômicas, as opções de lazer e descanso são inúmeras.

Mais do que isso, uma viagem de cruzeiro envolve vários outros fatores singulares que só quem já viajou de navio conhece. De coisas simples, como o meio de pagamento usado a bordo, aquelas mais complexas, como saber se é permitido ou não embarcar com bebidas alcoólicas, por exemplo.

Por isso, para que você não se sinta um verdadeiro peixe fora d’água na sua primeira viagem de cruzeiro, preparamos este post com 22 dicas que vão te deixar ainda mais preparado para alguns dias em alto-mar.

1. Dentro do navio, dinheiro não é problema

Quando passar pelo check-in, você receberá a chave do quarto, que também é uma espécie de cartão de crédito vinculado à sua conta de bordo. Você usará esse cartão para tudo que fizer dentro do navio. E assim como em um hotel, pagará tudo de um só vez na hora do check-out.

2. Fora do navio, esteja preparado

Um cruzeiro pelo Caribe, por exemplo, passa por diversos países em apenas alguns dias, o que teoricamente faria com que você precisasse andar com várias moedas diferentes. Mas isso não é necessário. Basta ter dólares (aceito em praticamente todas as paradas) ou um cartão de crédito internacional.

3. Gorjeta em mãos

É interessante ter algumas notas e trocado em dinheiro para dar gorjetas em determinadas situações, como na entrega do serviço de quarto e para gratficar carregadores de malas. Não é uma obrigatoriedade, mas faz parte da etiqueta no navio.

4. Evite as filas de embarque

Muitas pessoas chegam ao porto antes mesmo do embarque começar para fazerem o check-in no navio o mais rápido possível. O resultado disso é uma enorme fila no check-in. Em vez disso, espere até cerca de uma hora antes de fechar a janela de embarque. A essa altura, a maioria das pessoas está no navio e o check-in leva apenas alguns minutos.

5. Desembarque antecipado? No, thanks

Todo mundo não vê a hora de entrar no navio… mas tão logo o cruzeiro acaba, as pessoas parecem todas querer sair ao mesmo tempo, resultando em longas las para o desembarque. Em vez de seguir esse fluxo, aproveite o café da manhã no navio e parta no horário normal de desembarque da sua cabine. É uma experiência muito melhor.

6. Gostou do jantar da noite passada? Peça novamente

Se na noite passada, você comeu algo maravilhoso que não esteja no cardápio de hoje, peça ao garçom um prato igual ao da noite passada. As chances de prepararem a comida sem fazer quaisquer questionamentos são bem grandes.

7. O serviço de quarto é gratuito (quase sempre)

Na maioria das férias, o serviço de quarto é um luxo caro. Em um cruzeiro, no entanto, é um privilégio gratuito. Você pode pedir o café da manhã do dia seguinte ou um hambúrguer para o almoço quando não quiser ir ao bufê. Alguns cruzeiros cobram apenas determinados itens do menu, mas eles são sempre claramente marcados. Também é comum haver alguma cobrança se o pedido for feito em horário muito alternativo, como de madrugada, por exemplo.

8. Sim, você pode levar bebidas alcoólicas na bagagem

A maioria dos cruzeiros permite que os passageiros embarquem com até uma garrafa de destilado ou duas de champanhe. Consulte as regras especificas do navio.

9. Cuidado com os pacotes “beba à vontade”

Pacotes que oferecem bebida à vontade durante todo o cruzeiro parecem bom negócio, mas as regras podem torná-los bastante caros. Em alguns cruzeiros, por exemplo, se uma única pessoa da sua cabine quiser adquirir o pacote, todas precisam entrar na dança, para evitar que as bebidas sejam compartilhadas. Fora isso, ao adquirir o pacote, lembre-se de que, nos dias em que estiver em solo consumindo bebidas em um bar, pagará também pelo pacote do navio.

10. Ao embarcar, desligue o celular

Essa dica é essencial, pois existem verdadeiras histórias de terror de pessoas que usaram o telefone sem limitação durante cruzeiros internacionais e, ao voltarem para a casa, se depararam com taxas altíssimas cobradas pelas operadoras. O motivo é usar o telefone sem perceber que estavam conectados a uma torre de “roaming”. Ou seja, se você não tiver feito um plano específico para a viagem, desligue o celular e aproveite ainda mais a sua experiência em alto mar.

11. As paredes têm ouvidos

As paredes das cabines são finas e é possível escutar ruídos um pouco mais altos dos “vizinhos”. Ou seja, você não ouvirá a cabine ao seu lado assistindo a TV em um volume normal, mas sons um pouco mais altos são absolutamente perceptíveis.

12. Contrate um Seguro de viagem

A maioria das pessoas nunca usará o seguro de viagem. Mesmo assim, se algo der errado em alto-mar, é um ótimo benefício de se ter. O seguro de viagem pode ajudar a cobrir os custos e casos de doença ou ferimentos a bordo, além de compensar atrasos de viagem, perda de bagagem e muito mais.

13. Esteja preparado para alterações de itinerário

Os itinerários dos cruzeiros podem mudar por vários motivos, como problemas com o navio, clima ou até nos portos. É uma ocorrência bastante rara, mas pode acontecer.

14. Sim, há um secador de cabelo na sua cabine

Ganhe espaço na bagagem e deixe o secador em casa. Seja qual for a sua cabine, da mais econômica à mais luxuosa, todas possuem o aparelho.

15. Não se preocupe com a noite formal

Não, você não precisa comprar um smoking ou um vestido longo de festa para a noite do jantar formal. Pode-se usar essas roupas, como também um traje mais simples. Uma boa dica é se vestir como se você estivesse indo a uma entrevista de emprego.

16. Leva quantas malas quiser, sem limitação de peso

A maioria de nós está acostumada com viagens aéreas, em que você é cobrado no check-in, caso o peso da sua bagagem exceda o limite permitido. Nos cruzeiros, isso não existe. Não há taxas nem regras rígidas sobre a quantidade máxima de bagagem que você pode levar a bordo.

17. Algumas cabines são melhores para evitar o enjoo

A maioria das pessoas não tem problemas com o enjoo durante um cruzeiro, mas se você está preocupado com isso, então procure por uma cabine que seja tão baixa e próxima ao meio do navio quanto possível. A ação das ondas faz com que o navio suba e desça ao máximo nas extremidades, com o meio atuando como ponto de apoio em uma gangorra e “balançando” menos.

18. Evite filas no atendimento aos passageiros

As chances são altas de você precisar utilizar o serviço de atendimento aos passageiros em algum momento da sua viagem. Se você precisar perguntar algo sobre uma reserva ou sua conta, tente fazer isso em horários alternativos, pois esse serviço funciona 24h. Pela manhã (antes das 8h) e tarde da noite (depois das 23h) são os melhores horários para evitar filas.

19. Faça uma cópia da página com foto do seu passaporte

Essa é a melhor maneira de evitar qualquer tipo de contratempo, principalmente, nos passeios terrestres, em caso de furto ou perda do documento. Com a cópia em mãos, você pode deixar o seu passaporte a salvo no cofre da sua cabine.

20. Aproveite as excursões terrestres

O seu primeiro pensamento quando vir os preços das excursões em terra pode ser o de imaginar que eles são caros. Mas as excursões permitem que você faça coisas que não terá a oportunidade de fazer em qualquer outro lugar do mundo, como explorar ruínas antigas ou até mesmo conhecer um submarino no Caribe. Após a viagem, você não se lembrará do dinheiro gasto e jamais se esquecerá da experiência que viveu.

21. Jamais chegue atrasado ao embarque

Os horários de partida do navio não são meras sugestões. Se o navio fizer uma parada em uma ilha e a partida estiver programada para as 16h e você chegar às 16h15 verá o navio distante em alto-mar. Nesses casos, a empresa de cruzeiro providenciará o seu embarque no navio somente na próxima parada.

22. Esteja preparado para ser fotografado

Não é o tipo de pessoa que gosta de ter sua foto tirada por estranhos? Então prepare-se, porque os flashes, geralmente, começam antes mesmo do embarque. As fotos, tiradas em diversos momentos da viagem por fotógrafos contratados pelo navio, podem ser compradas depois.

DICA EXTRA – Cuidado! Cruzeiros são altamente viciantes.

Realmente, é fácil de se acostumar com tudo que um cruzeiro pode oferecer, desde luxo e conforto aos serviços impecáveis, gastronomia internacional, shows, atrações e, claro, o imponente horizonte em alto-mar. Trata-se de uma experiência de viagem absolutamente completa que proporcionará recordações inesquecíveis.