costa do sauípe
A Costa do Sauípe é o destino perfeito para férias em família!
11 abril, 2019
bonito
Bonito, descubra as maravilhas naturais deste destino
15 abril, 2019

Caldas Novas: a maior estância hidrotermal do mundo

caldas novas

A CIDADE

A cidade de Caldas Novas, localizada no Estado de Goiás e a aproximadamente 170 Km da capital Goiânia, é um dos principais destinos turísticos do país, além de ter o título de maior estância hidrotermal do mundo, ou seja, o maior conjunto hoteleiro que oferece o maior complexo balneário de águas termais do planeta!

Caldas Novas é a cidade que mais cresce na região centro-oeste do Brasil, recebendo, cerca de 1,5 milhões de turistas por ano que merecem ser recebidos em uma cidade com uma boa estrutura. O aeroporto é considerado um dos mais modernos do interior do Brasil e foi planejado para receber aviões de grande porte, inclusive com capacidade para voos diários.

Sem dúvida o seu principal atrativo é o fenômeno das águas quentes, recomendado por todos os visitantes. As águas provenientes das camadas profundas do subsolo, quando afloram à superfície, trazem em dissoluções sais minerais e gases, que pelas suas composições físico-químicas, possuem comprovadas propriedades terapêuticas, relaxantes, além de proporcionar muito lazer!

 

caldas novas

 

Caldas Novas: a maior estância hidrotermal do mundo

Quando alguém comenta sobre Caldas Novas automaticamente as pessoas relacionam a um destino direcionado exclusivamente a pessoas da terceira idade. De fato, os atrativos da cidade são muito bem quistos por esse público, porém a maior estância hidrotermal do mundo não se limita e oferece atividades e eventos para todas as idades: A região oferece desde passeios culturais, trilhas ecológicas, esportes radicais até simples banhos relaxantes nas piscinas termais!

O clima de Caldas Novas é sempre estável, sendo ótima opção para qualquer época do ano. Após as chuvas de verão, a cidade enfrenta durante 9 mesas uma estação seca, dias quentes no verão e agradáveis no inverno.

Uma vez em Caldas Novas, o visitante tem parada obrigatória por alguns pontos turísticos que a cidade possuí, Seja bem vindo!

Propriedades das águas termais

Muitas pessoas não conhecem o poder das águas termais e suas comprovadas propriedades terapêuticas! Essas águas, são indicadas nas infecções e moléstias alérgicas como:dissolução de cálculos renais, ação anti-alérgica, melhoria da digestão, redução da pressão arterial, doenças pulmonares, Aumento da diurese e excreção do ácido úrico tratamento de artrite e influencia até no aumento da vitalidade sexual!

Inicialmente o principal foco de aproveitamento das águas termais foi o turismo saúde, mas hoje em dia Caldas Novas oferece diferentes segmentos como o turismo de lazer, turismo de negócios, turismo religioso, e turismo ecológico, ou seja, turismo para todos os públicos!

Gastronomia

Depois de se divertir e relaxar nas águas termais, nada melhor do que degustar os pratos típicos da região!

A Culinária de Goiás é diversificada e muito saborosa, foi construída com varias interferências de outras culturas, pois o estado foi se construindo com migrantes de todo mundo e a gastronomia acompanhou o ritmo recebendo forte influência de Mineiros e Paulistas que no final no século XVIII, buscavam ouro nos sertões goianos.

. Percebe-se também o aproveitamento de frutos típicos do Cerrado na culinária goiana como é o caso do Pequi, – fruto típico do cerrado; a Guariroba (Palmeira usada na arborização que possui um palmito amargo comestível); e a Jurubeba, fruta típica na região,

Alguns pratos da culinária regional:

O arroz com Pequi – arroz cozido com o fruto pequi, e deve-se ter cuidado ao provar, come-se somente a poupa do fruto do pequi, pois no miolo do fruto existem micro espinhos.

Frango ensopado com açafrão e Pequi;

Empadão Goiano – é uma empada grande com recheio de guariroba (palmito amargo), frango desfiado, milho, azeitona, lingüiça pura;

Carne de Lata – é uma iguaria comum em festas de Folia de Reis, a carne de lata, pode ser de porco ou bovino; antigamente conservava as carnes dentro de sua própria gordura, pois não havia sistema de resfriamento, e elas eram guardadas submersas em sua própria gordura e guardadas em latas, daí o nome carne de lata;

Peixe na Telha com Pirão – peixe de água doce (surubim ou pintado), ele servido em uma telha de barro para manter a sua temperatura, claro não vai faltar à pimenta verde o pirão bem temperado;

Pamonhas – As pamonhas de Goiás têm vários sabores, se destacando a pamonha de sal com pimenta e lingüiça (a moda), e as de doce com queijo.

Doces caseiros como: doce de leite, abóbora, mamão vede e outros.

Farinha de beiju (farinha de mandioca), a cidade tem várias casas especializadas em fabricar farinha temperada, com vários sabores.

O Sorvete Assado – A maioria das sorveterias da cidade já oferece o sorvete assado, além de muito saboroso e interessante comprovar esta delicia.

Picolé com sabores do Cerrado: Sorveteria especializada em picolés com sabores de frutas nativas do cerrado tais como: Pequi, mutamba, cajá-manga, murici, gabiroba, araticum, buriti, caju, cagaita e outras delícias.. Prove o picolé de cajá com sal e o de milho verde com canela em pó.

Em alguns restaurantes são oferecidos os pratos típicos de nossa região. Uma ótima opção é o “Trem Bão” em que cliente terá à disposição o buffet de comida regional, tradicional e atendimento rápido, cordial e diferenciado para grupos.

O café da manhã da região reproduz o cenário do período colonial português. Mais recentemente, em algumas comunidades foram introduzidos produtos com castanhas típicas do cerrado brasileiro como os pães a base de baru, jatobá. Broas; Biscoitos fritos; Pão de queijo; Biscoito de queijo; Bolo de arroz.

Não bastassem os pratos típicos, Caldas Novas também oferece aos seus visitantes deliciosos doces caseiros da região, que variam de doce de leite, de abóbora, de abacaxi e frutas típicas como o caju, mangaba, jenipapo, manga, jaca, até os mais diferentes como doce de queijo, de jiló e de tomate.

Origem das águas

Assim que os visitantes sentem a temperatura das águas de Caldas Novas todos ficam espantados e sem entender como isso acontece. Longe de ser mágica ou aquecimento artificial, o fenômeno das águas acontece de forma natural. A explicação é simples: a água da chuva penetra pelas rachaduras das rochas, e se infiltra no solo, em direção ao interior da Terra. O aquecimento é crescente, alcançando temperaturas superiores a 60°C a uma profundidade de 1200 m. Depois de aquecida, a água adquire pressão, sai do interior do planeta e se mistura com a água fria do lençol freático. Após isso, a água aparece nas fontes termais a uma temperatura média de 37,5ºC.

 

 

Essa água sob pressão também pode ser captada antes de aflorar, através de bombas instaladas em poços, como é o caso dos hotéis e clubes de Caldas Novas.

Constituem-se em uma das maiores ocorrências de águas quentes sem vinculação com vulcanismo ou outro tipo de magmatismo no mundo!

PASSEIOS

City Tour:

Neste passeio pela cidade o turista fica por dentro da descoberta das fontes termais e tem a possibilidade de conhecer toda a história da maior estância hidrotermal do mundo. O city tour reúne os principais pontos turísticos da cidade e também as tradicionais compras.

Jardim Japonês: O Jardim Japonês é um local que possui forte energia espiritual. É um passeio pelas tradições dos monges budistas que, desde o século XII, que utilizavam espaços especiais para fazer suas orações e meditações. Por isto, usaram elementos da natureza, como as pedras, as plantas e a água, fazendo arranjos os mais diversos.

O local foi construído na área da sede de uma antiga fazenda goiana da qual foram preservados objetos e instalações características da colonização da região. As antigas moendas de cana-de-açúcar, as rodas d’água, os carros de boi, entre outros, estabelecem um interessante contraste com a suavidade da cultura oriental.

Valor do ingresso por pessoa: R$ 5,00 (sujeito a alteração).

Cachaçaria: A Cachaça Vale das Águas Quentes, produzida nesta região, segue os padrões de qualidade e a tradição dos antigos alambiques de cobre das fazendas coloniais, envelhecida naturalmente em barris de madeira nobre. A sede da Cachaçaria Vale das Águas Quentes proporciona a seus visitantes a oportunidade de presenciar o processo de fabricação dos produtos, a degustação e uma viagem ao passado do Brasil dos engenhos, dentro de uma estrutura arquitetônica rústica e aconchegante, com seus jardins e a Capela ao fundo. A Cachaçaria Vale das Águas Quentes também produz licores artesanais de frutas típicas do cerrado, além de licores à base de creme de leite semelhante aos Irish Cream apreciados na Europa. Visite www.cvaq.com.br e saiba mais.

Doces Caseiros: Os tradicionais doces caseiros produzidos artesanalmente em tachos de cobre, no fogão a lenha, ainda são produzidos em Caldas Novas, mantendo a tradição das famílias doceiras!

Os doces são encontrados em diversas formas: Em compota, cristalizados, em calda, e também utilizando frutos típicos do Cerrado. Entre as várias opções, encontraremos os tradicionais como “Doce de leite, doce de abóbora, doce de abacaxi” até os mais exóticos como “doce de tomate, doce de queijo e doce de jiló”. Na visitação ao varejo não perca a oportunidade de degustá-los!

Shopping Serra Verde: Tradicional ponto de visitação com grande variedade de presentes, o Shopping Serra Verde possui um variado mix de produtos. A diversidade é sua característica! Além de malharia, vinhos, jóias, semi jóias, chocolates, objetos de arte e decoração de várias partes do mundo, o visitante encontrará lembranças de nossa região. E para tornar a sua visita ainda mais agradável, o local conta com uma cafeteria para apreciar guloseimas da região, sucos variados e o marcante “café gelado”.

Casarão dos Gonzaga: É uma das construções mais antigas da cidade, fazendo parte da história de Caldas Novas, preservando um ambiente de características típicas de uma pequena fazenda do interior goiano. Hoje abriga um acervo de peças antigas e também Espaço Cultural. Visitar o Casarão é voltar ao passado, conhecer um pouco mais de nossa história, apreciando um café quentinho preparado no fogão a lenha, na cozinha de época!

Lagoa Quente

É considerado o ponto de descoberta das águas quentes na região, possuindo grande importância histórica. O local possui um excelente parque aquático com toda estrutura para adultos e crianças.

Local da descoberta das águas quentes e único ponto da cidade em que o visitante poderá observar uma fonte termal com água “brotando do solo” a uma temperatura de até 57 º C!, como é o caso do “Poço do Cozinha Ovos”!! É um dos locais mais bonitos de Caldas Novas, com bosques, piscinas termais, toboáguas, sauna, quadras esportivas, playground infantil, lanchonetes e restaurante.

Hot Park

Referência na região, o Hot Park é considerado o maior parque aquático do Brasil. Possui ampla estrutura para todas as idades!

O local é bastante radical e possui área de 22 mil m², com equipamentos radicais. Algumas das atrações do parque são o Giant Slide, um escorregador gigante, o Lazy River, única corredeira de água quente do mundo e dois conjuntos de toboágua: o Acqua River – o primeiro no Brasil a utilizar esteira para descida; possui três pistas em uma descida de 17,2 metros de altura, feitas em bóias – e o Acqua Race – três pistas onde você desliza atingindo velocidade de 25 a 30 km/h. Dentro do Hot Park está o Clubinho das Crianças, um parque inteiro dedicado aos pequenos, com piscinas e mini toboáguas. Aqui, a criançada se diverte sob a orientação de profissionais preparados para lidar com o público infantil. Uma novidade está agitando o Hot Park: É o Halfpipe – toboágua gigante em forma de “U”, com 13 metros de altura, único na América Latina. São 20 segundos de adrenalina pura.

 

 

A descida pode ser individual ou em dupla. A bóia desliza sobre um filete de água. Em volta da pista – que tem aproximadamente 11 metros de largura –, uma borda garante a segurança dos aventureiros. É permitida a entrada de crianças e adultos a partir de 1,30 m de altura. O parque dispõe ainda de uma praia artificial chamada de Praia do Cerrado A Praia do Cerrado é a maior do mundo com águas quentes naturais e está entre as cinco maiores do mundo, que são as do Siam Park, em Tenerife, arquipélago das Canárias (Espanha), do Typhoon Lagoon (Disneyworld/Orlando), de Suncity (África do Sul) e da Dino Beach (Shangai/China). A Praia possui aproximadamente 3 mil metros cúbicos de areia fina e branca (equivalente a 300 caminhões). A areia é originada do processo de exploração de resíduo de cristais extraídos na região de Cristalina, localizada a 280 quilômetros do Resort. A Praia é ecologicamente correta, com licença do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), certificação da Agência do Meio Ambiente de Goiânia e Programa de Gestão Ambiental (PGA). As águas são inteiramente naturais, sem nenhum produto químico, e retornam ao rio 100% renovadas e em perfeitas condições de balneabilidade a cada 3 horas.

PARQUE ESTADUAL DA SERRA DE CALDAS

Ocupa 7,7% do município e é considerado a vitrine do cerrado. São organizados passeios ecológicos monitorados pela trilha da Cascatinha (700 m), com direito a um banho refrescante em águas cristalinas. Ou pela trilha do Paredão (1.500 m), que apesar de ser a mais íngreme, compensa por uma bela vista panorâmica e o encontro com uma cascata protegida por um paredão de pedra, que fazem desta trilha um dos locais mais especiais do parque.

O Parque Estadual da Serra de Caldas Novas (PESCAN) foi criado em 1970 para proteger as áreas de abastecimento das águas termais muito exploradas pelo turismo na região. Foi comprovado que a serra é a principal fonte de renovação do aquífero termal de Caldas Novas.O parque também é essencial para a preservação do Cerrado e de todos os seres vivos que o habitam. O cerrado possui muitos tipos de vegetação diferentes, incluindo florestas, savanas e campos. Ao longo deste passeio você visitará uma mata de galeria (floresta que acompanha pequenos rios e córregos) e um cerrado (quase um campo).

 

 

Trilha da Cascatinha: Esta trilha de baixo impacto possui cerca de 950 m de extensão e passa por áreas de mata e de cerrado. Além de conhecer a Cascatinha, uma pequena queda d’água que forma uma piscina natural de água fria (área permitida para banho), você também visitará o Mirante da Cascatinha (vista da cidade de Caldas Novas). Maior parte do percurso realizado pela sombra.

Trilha do Paredão: Sugerimos após visita à Cascatinha, esta segunda opção de caminhada. O trecho é mais extenso que a anterior, cerca de 1300 m de extensão, com áreas que apresentam degraus e trechos íngremes que nos levam a esta cascata protegida por um paredão de pedra (área permitida para banho). Maior parte do percurso realizado sob o sol. Obs: Caso não queira realizar esta trilha, a orientação será de aguardar na Recepção do Parque, Museu.

Garanta seu pacote para Caldas Novas acessando o site flytourmmt.com.br